Doceiras recebem certificado do INPI

Em cerimônia festiva no Salão Nobre do Paço Municipal , realizada no inicio da noite de quarta-feira (30), a Associação dos Produtores de Doces de Pelotas recebeu outorga do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) , que garante o Selo de Indicação de Procedência geográfica aos doces produzidos pelos 16 empresários doceiros de Pelotas que compõem a Associação.
A outorga, que visa proteger e assegurar a tradição da doçaria pelotense, foi entregue pela coordenadora geral de Indicações Geográficas e Registros do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), Suzana Serrão à presidente da Associação dos Produtores de Doces de Pelotas, Maria Helena Jeske.
Na oportunidade, o prefeito Adolfo Antonio Fetter discorreu sobre o crescimento e evolução no reconhecimento da qualidade da produção tradicional da doçaria de Pelotas. Fetter ressaltou a importância da iniciativa da realização da Fenadoce, observando que teve como mentor o empresário Wilson Veiga Pereira, conhecido pela grande maioria da população como Wilson do Otto, falecido em julho último. O gestor lembrou que a iniciativa da realização da Feira Nacional do Doce, grande responsável por levar o nome de Pelotas para todo o país e perpetuar Pelotas como Capital Nacional do Doce, teve como embrião um seminário, promovido em 1985, época que atuava como vereador, e que a partir deste, que contou com a participação de empresários tanto do ramo doceiro quanto do trade turístico, citando como exemplo o empresário hoteleiro Samir Curi, a Festa foi criada pelo então prefeito Bernardo Olavo de Souza.
“Este momento é um tributo a ‘Terra do Doce”. É algo que já era nosso, assim como a Fenadoce, que nos proporcionou um espaço nacional, visibilidade, crescimento, geração de emprego, surgiu de nós para nós. Este reconhecimento é mais uma vitória de Pelotas, faz jus à qualidade dos nossos produtos e evita possíveis imitações do uso indevido da marca”, assinalou Fetter.
O prefeito acrescentou, ainda, ao discorrer sobre o crescente reconhecimento da doçaria tradicional de Pelotas, coroada também na ocasião, que há seis anos, por iniciativa da primeira dama de Pelotas, e então deputada estadual Leila Fetter (PP), a Assembleia Legislativa Gaúcha aprovou Projeto de Lei da parlamentar, que tornou os doces de Pelotas “Patrimônio Cultural do Estado”.
O ato de outorga contou com a presença dos empresários e empresárias que integram a Associação, imprensa, do presidente do Legislativo Pelotense, vereador Eduardo Leite, da Corte da Fenadoce e convidados, que além de prestigiar o ato de outorga, foram recepcionados ao som da musicista Glória Majer e contaram com a degustação dos tradicionais doces de Pelotas confeccionados pelos outorgados.
Fonte
http://www.pelotas.com.br/noticia/noticia.htm?codnoticia=29020

Deixe um Comentário

Your E-mail address will not be published.

Você pode usar as tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

×
Olá !
Em que podemos lhe ajudar?